Embude

Embude

,1 m. Na accepção de ferrolho, é pelos diccionaristas considerado termo antigo; mas conheço-o ainda entre o povo das províncias, na accepção de cadeado ou fechadura móvel de arca, mala, etc. (Relaciona talvez com embude3)

Embude

,2
m.
Substância, com que se entontecem os peixes, para os apanhar á mão;
ou seja uma espécie de cegude. Cf. Pharm. Port.

Embude

,3 m. O mesmo que funil, especialmente aquelle com que se envasilha o vinho: «…o vinho do tonel por um embude». Filinto, VIII, 83.—Nesta accepção, dizem os diccionários que é vocábulo antigo; póde porém ouvir-se ainda hoje no Minho, mormente na Póvoa de Lanhoso. (Cast. embudo, do lat. imbutum)

Embude

,4 m. Prov. trasm. Criança adoentada.