mão

Mão

, f. Parte do corpo humano, a qual, situada na extremidade do braço, serve especialmente para o tacto e para a apprehensão dos objectos. Extremidade dos membros deanteiros dos quadrúpedes: a mão do cavallo. Extremidade, depois de cortada de qualquer membro das reses. Garra de algumas aves. Posse, domínio: lançar mão de bens alheiroso. Autoridade. Influência. No jôgo, o parceiro que primeiro joga. Lanço completo de jôgo: ganhar duas mãos. Gavinha. Camada de tinta ou cal sôbre uma superficie; demão. Carda miúda. Lado direito do cocheiro que guia um carro. Pequeno feixe ou qualquer objecto que se abrange com a mão: uma mão de nabos. Modo de fazer as coisas, feição, maneira. Peça, com que se tritura ou se pisa qualquer coisa no almofariz. Qualidade ou poder de sêr o primeiro em dizer ou fazer qualquer coisa. Náut. A haste mais curta de um madeiro angular. * Náut. Ligação da ponta ou chicote de um cabo com o mesmo cabo. Parte de um instrumento ou utensílio, por onde elle se segura e se maneja ou se governa: a mão da enxada. * Antigo pêso indiano. * Medida de capacidade em Damão. * Gír. Chave. Mão de papel, cinco cadernos. Mão de ferro, potência, tyrannia e opressão. * Prov. trasm.Mão de braseira, pá de ferro, com que se mexe a cinza da braseira, para avivar as brasas. Mão de Judas, apagador de velas, usado nas igrejas, na semana santa. Mão de nabos, cinco cabeças de nabos. Mão morta, mão, que um estranho póde mover á vontade. Mão de rédea, govêrno do cavallo. Bens de mão morta, os que pertencem a certas corporações, como confrarias, conventos, etc. * Bras. do N.Mão de milho, conjunto de cinco espigas. * Bras. do N.Mão de pilão, peça de madeira, com que se tritura qualquer coisa no pilão. Feito por mão de mestre, bem feito, bem acabado. Coisa em primeira mão, coisa adquirida directamente de quem a fabricou; coisa que outrem ainda não possuiu. Coisa em segunda mão, coisa já usada, ou já utilizada por outro ou outros. Letra de mão, letra manuscrita. De mão commum, dizia-se o testamento, feito por consortes, um dos quaes ficaria herdeiro universal do que primeiro fallecesse. * Levar mão de, largar: «a desgraça não levava mão delle.» Camillo, Bibl. do Coração, 176. * Ir á mão de, reprehender. Contrariar. Cf. Pant. de Aveiro, Itiner., 34 e 62, (2.a ed.). * Loc. adv.Por baixo de mão, ás escondidas. Cf. Camillo, Vinte Hor. de Lit., 228. * Assentar a mão, têr firmeza ou segurança no que faz. Fam. Bater. Dar a mão a, auxiliar, proteger. Dar de mão, a erguer ou levantar mão de, desviar de si, renunciar, dispensar. Deitar a mão, apoderar-se; agarrar. Pedir a mão de, pedir em casamento. Loc. adv.Á mão, perto, ao pé. Loc. adv.De mão em mão, das mãos de um para as mãos de outro, de pessôa para pessôa. Têr mão, tomar cautela. Parar. Amparar alguma coisa. Fazer mão baixa em, roubar, surripiar. Numa volta de mão, rapidamente, num abrir e fechar de olhos. Jogar de mão, sêr o primeiro a jogar. * Loc. adv.Mão por baixo, mão por cima, cautelosamente. * Loc. adv.Á mão de semear, ao alcance da mão; perto. * Com a mão do gato, surrateiramente. * De mão na ilharga, de modos grosseiros; com ares de regateira. * Vir á mão, vir ás bôas, chegar á razão. * Falar á mão, interromper alguém, objectar: «como ninguém lhe falasse á mão…» Camillo, Filha do Regicida. * Têr mão de, segurar, obstar: «não teve mão de si, que o não atalhasse». Idem, ib. * Mão de obra, trabalho manual. * Prov. trasm. O mesmo que bico de obra, pequeno concerto, algum serviço para artista ou operário. Pl.Mãos de anéis, mãos mimosas, delicadas. Mãos rotas, (m. e f.), pessôa perdulária, dissipadora. Mãos atadas, (m. e f.), pessôa acanhada. Mãos limpas, integridade, honradez. Mãos largas,(m. e f.), o mesmo que mãos rotas. Mãos postas, mãos erguidas, juntando-se palma com palma, para rezar ou supplicar. Com ambas as mãos, da melhor vontade (acceitar). Estar com as mãos na massa, ou têr entre mãos, estar trabalhando ou estar tratando de. Lavar as mãos disto ou daquillo, protestar a sua innocência, não tomar a responsabilidade. Meter ou pôr mãos á obra, começá-la com empenho, com bôa vontade. Meter os pés pelas mãos, confundir-se, não saber o que há de dizer, falar sem tom nem som, disparatar. Vir ás mãos, lutar, brigar, combater. Prestar juramento nas mãos de, jurar perante. * Limpo de mãos, honrado, íntegro.—Outras muitas loc. se nos deparam, em que o significado da palavra só se determina pelo sentido e contexto da phrase. (Do lat. manus)
Traduções

mão

Handhand, laneχέριmanomainيَدrukahåndkäsirukamanohandhåndrękaладоньhandมือelbàn tayръкаיד (mɐ̃w)
nome feminino
órgão da extremidade dos braços


com as mão juntas
ajudar
estar perto
fazer algo sem utilizar máquina
pessoalmente
usado